ABERTAS INSCRIÇÕES PARA 2a. OFICINA DE TEATRO - INFORMAÇÕES: 3274.2197 - FUNDAÇÃO NILO PEREIRA

Coral cantos do vale

Coral cantos do vale
Coral canto do vale tem como regente Kleber Praxedes

Estação da cultura

Estação  da cultura
Visitem

30 de dez de 2008

TALENTOS DA TERRA - (V)
VILELA

Artista plástico deste município, Francisco Vilela da Silva reside na Travessa José Inácio F. Barros, 210 – Centro - Ceará-Mirim/RN..
Francisco Vilela, além de artista plástico e poeta, é funcionário público.
As pinturas de Vilela são dos mais variados estilos: arte abstrata, cubista, acadêmica, naífe, arte contemporânea, arte com cera e reaymade (confeccionada com objetos prontos).
Ao mostrar o acervo em seu ateliê, costuma destacar todos os detalhes de cada obra. Sua arte favorita é a naífe, que considera meiga e inocente.
Vilela já expôs em vários lugares:
Feira de Artes – Ceará-Mirim
Feira de Artes – Natal
Biblioteca Pública de Ceará-Mirim (2001)
Cinemax – Ceará-Mirim (2002)
Caixa Econômica Federal – Ceará-Mirim (2003)
Centro de Estudos e Biblioteca Professor Américo de Oliveira Costa – Natal (2002/2003 – Coletiva)
II Salão Semana da Marinha – Natal (2004)
Central Shopping – Ceará-Mirim (2004)
XI Salão de Artes Visuais- Natal (2007)
Loto Vale – Ceará-Mirim (2008)
Como curador, montou as exposições coletivas de Artes Visuais em Ceará-Mirim: CORES E FORMAS e CORES DO MUNDO (2004/2005)

Tem trabalhos publicados:
Revista Galeria em Tela - São Paulo, 2004 – Ano 3 n•s: 40 e 41.
Jornal de Ceará-Mirim (1995, 1996)
Jornal de Natal (1996, 1997, 1998 e 2001)
Jornal O Vale – Ceará-Mirim (2005)

Participação em livros:
Poetas e Ecritores Contemporâneos (OICC – Ordem Internacional das Ciências e da Cultura – Coleção Olavo Bilac, Vol. III e IV, 1995 – 1996 – Brasília-DF).
Deixa Viver – Poesia Viva (UMES) Vol. I – 1996 – Natal/RN.
Vigor de Primavera, Vol. II, 1999, Edição Arnaldo Giraldo, São Paulo/SP.
Energia Latente – Vol.II, 1999, Edições Arnaldo Giraldo, São Paulo/SP.

Vilela tem um livro inédito a ser publicado: “Não me prendas” – Poesias. Trata-se de um trabalho árduo que lhe custou vários meses de sacrifício. Não conseguiu patrocínio para editá-lo. Quando conseguir espera que o resultado final desta sua obra ( a impressão gráfica) esteja a altura do seu conteúdo. A seguir uma pequena mostra do seu talento com pincéis:

Rendeira

Cristo azul

Lampião

Fundo do mar

Natureza morta

28 de dez de 2008

MENSAGEM

13.
Waldec, estou em São Paulo, de onde eu vi esta página no blog e fiquei muito feliz comigo e com muitos outros que registraram a sua presença neste conceituado veículo de comunicação. Hoje, 28 dezembro de 2008 encontrei muitas pessoas boas no meu caminho. Eu vou correr a São Silvestre e quero estar no meio das primeiras dez mil pessoas e estou muito feliz por concretizar esta façanha. Walter Luz / São Paulo.
Olá, Walter, nossos votos de uma ótima corrida de São Silvestre pra você. Waldeck.

27 de dez de 2008

5a. FEIRA: 1º/JANEIRO/2009:

MENSAGEM
12.
Caro Waldeck, parabéns pelo registro sobre o grande Zé Luiz. Verdade, precisamos valorizar mais as personalidades que fizeram e fazem a história do nosso Ceará-Mirim. Certamente, você como novo homem da cultura local, fará um grande trabalho. Torço muito pelo sucesso da Fundação Nilo Pereira. Conte com o Litoral! Abraço, Iran Costa.
Agradecemos ao jornalista Iran Costa pela mensagem e apoio. Contamos sim com o LITORAL NOTÍCIAS, um jornal de credibilidade. Waldeck.

22 de dez de 2008

27 DE DEZEMBRO
ANIVERSÁRIO DE MORTE
DO COMPOSITOR JOSÉ LUIZ

José Luiz, o compositor da “Grande Mágoa”. Com 50 anos bem vividos e prematuramente ceifados por um câncer que o matou tão cruelmente como o silêncio da memória dos que esqueceram do seu trabalho. Zé Luiz viveu um drama que só uns poucos médicos e enfermeiros acompanharam em Natal. Esquecido, doente, ele lutou como pôde para sobreviver. Foi derrotado tanto pela moléstia como pela indiferença dos que não souberam reconhecer o valor da sua poesia, ainda hoje cantada por muitos, jovens e velhos. Mas, como poeta ele não desanimou, nem se deixou magoar. Enfrentou heroicamente o seu destino. (Adeotado Reis – in memorian)





O COMEÇO
José Luiz nasceu em Ponta do Mato, distrito de Ceará-Mirim. Estudou o primário na cidade e em Natal iniciou o curso ginasial. Aos 18 anos, seguiu para o Rio de Janeiro no navio BAEPENDI, como soldado do Exército, pois devido a situação de guerra na Europa, as Forças Armadas do Brasil estavam em alerta. Mais tarde foi mobilizado para São Paulo, Três Lagoas e Aquidaurana.
Sua aptidão para tocar violão o conduziu a conhecer músicos famosos da época, principalmente do Rio de Janeiro, onde fixou residência após deixar o Exército. Quando servia as Forças Armadas conheceu Luiz Gonzaga, que mais tarde lhe deu uma força no mundo artístico, quando lançou o ritmo Baião no Café Nice.

O SUCESSO
Em 1937 José Luiz aparece como violinista do cantor Augusto Calheiros, para quem compôs: “Grande Mágoa” e “Vida de Caboclo”. Também atuou com seu violão ao lado do grande astro Vicente Celestino, no Brasil e pela América do Sul.
Em 1949 compôs o samba “Cremilda”, gravado por Moreira da Silva e o inscreveu no Concurso Oficial de Sambas e Marchas de carnaval do RJ, sendo o primeiro lugar. Disputaram com ele: Ary Barroso, Braguinha e Ataulfo Alves.
Ainda no Rio, juntou alguns músicos nordestinos e fundou um grupo regional para acompanhar nomes famosos, entre eles a cantora Ângela Maria, inclusive com participação no filme de Mazzaropi: “Fuzileiros do Amor”. Participou de outras produções cinematográficas como “O Cangaceiro” de Lima Barreto, interpretando um dos cangaceiros do bando de Lampião. Para o mesmo filme gravou junto ao “Coral do Norte” o tema “Mulher Rendeira”. “Fazenda do Ingá” e “O grande pintor”, estas últimas estreladas pelo comediante Ankito.
Na década de 50 esteve em Ceará-Mirim o cantor Augusto Calheiros, que ao se apresentar acompanhado pelo grupo de José Luiz, disse que era com muito orgulho que ia cantar o seu maior sucesso, da autoria do compositor filho de Ceará-Mirim. Nesse momento seu talento foi revelado.
José Luiz costumava todos os anos vir a Ceará-Mirim e realizava shows no Centro Esportivo e Cultural sem cobrar cachês. Demorava pouco devido a compromissos no Rio de Janeiro.

O HINO DE CEARÁ-MIRIM
Quando compôs em homenagem a Ceará-Mirim, o hino da cidade, ele, segundo palavras do amigo Jadson Queiroz, estava com lágrimas nos olhos e disse que “aquele hino, era a sua maior obra, pois entre tantas que havia feito, aquela era especial, porque era a prova do seu grande amor pela terra”. Jadson foi presenteado com uma cópia do hino, escrita do próprio punho em papel de carta e com uma dedicatória. Em 19 de outubro de 1973, numa proposição do então prefeito Ruy Pereira Júnior, a Câmara Municipal de Ceará-Mirim aprovou como Hino Oficial do município a sua composição.

A DOENÇA
José Luiz foi acometido de trombose, seqüela de um derrame cerebral, que o deixou com o lado esquerdo paralisado e com voz trêmula. Isso o afastou do meio artístico em 1963. Esse fato o trouxe de volta a Ceará-Mirim, mais precisamente para a comunidade de Ponta do Mato. Passou a viver de uma pensão concedida pela municipalidade. Tudo o que ganhou gastou em mesas de bares. Depois, em Ceará-Mirim residiu num quarto de pensão na Avenida Gal. João Varela. Posteriormente quando a doença lhe afligiu mais o corpo, José Luiz foi morar com uma irmã em Natal.

A MORTE E O ESQUECIMENTO
No dia 27 de dezembro de 1982, José Luiz faleceu no Hospital do Câncer Dr. Luiz Antônio. Sabe-se que o seu corpo foi sepultado no cemitério do Bom Pastor. Seus familiares não sabem a localização do túmulo.
Comenta-se que José Luiz teve muitas decepções no meio artístico, inclusive com Nelson Gonçalves, que aproveitou algumas de suas composições gravando-as como autoria de outros compositores.
No bairro das Quintas em Natal há uma rua com o seu nome. No distrito de Ponta do Mato há um Largo e também uma rua denominados Compositor José Luiz.
A Fundação Nilo Pereira tem pronto um busto seu para ser colocado em um logradouro público.
Ainda existe em Ceará-Mirim quem não ouviu falar em José Luiz.

CEARÁ-MIRIM ATRAVÉS
DO TEMPO
Sr. Carlos Crescêncio

Quando era criança, em Ceará-Mirim não existia supermercados, nem mercadinhos. Sempre ia fazer compras, a pedido de minha mãe, na Bodega do Sr. Carlos Crescêncio. Um sortimento de mercadorias de fazer inveja. Ainda hoje, resistindo e até acompanhando a modernidade, está ali, na mesma esquina. Em recente passagem por lá, senti em seu interior o mesmo aroma que sentia quando menino.
Seu Carlos, cearamirinense nascido em 18/03/1923 casou-se em 1946 com a Sra. Maria Rodrigues Freire, mesmo ano em que fundou a bodega. Tiveram seis filhos, sendo todos formados: Luzimar (Administração); Gilson (Auditor Fiscal do Estado); Wilson (Contabilidade); Edmilson (Médico Pediatra); Carlos Crescêncio Filho (Médico Cardiologista) e Gisélia (Enfermeira com curso superior). Atualmente com 85 anos de idade, sente-se realizado e feliz por tudo o que construiu e é um exemplo de cidadão que com trabalho e dignidade faz parte da história do Vale verde.

Comércio do Sr. Carlos Crescêncio
no centro de Ceará-Mirim.

JOVEM TALENTO
DO VALE VERDE
Radialista ALDEIR AQUINO com Waldeck Moura
quando visitava a Rádio 87 FM.

Aldeir Aquino. Com ótima voz e bastante comunicativo, o jovem radialista apresenta o programa dominical Tarde Show Jovem (das 14h00 as 18h00) na 87,9 FM. É residente em Ceará-Mirim no bairro Nova Descoberta. Durante a semana trabalha como locutor propagandista no interior do Supermercado Serve Bem, centro da cidade. Ainda consegue tempo para atuar em pastorais da igreja católica. Nossos parabéns pelo esforço e desempenho.


19 de dez de 2008

PARA ENVIAR COMENTÁRIOS
Se você não for cadastrado no Blogspot, quando clicar em "comentários" e surgir a caixa de diálogo, selecione "anônimo", digite sua mensagem, coloque seu nome, e-mail e pode enviar.
* * *
TRANSIÇÃO NA FUNDAÇÃO NILO PEREIRA

Canindé Matos, Bill, Waldeck, Rosângela, Neto e Robson.
(Foto: Edvaldo Morais)

Realizamos na tarde desta quinta-feira (18/12) a primeira reunião de transição na FUNDAÇÃO NILO PEREIRA. Fomos muito bem recebidos pelo atual diretor Severino Martiniano (Bill), Canindé Matos (Diretor da Biblioteca Pública Municipal Dr. José Pacheco Dantas) e seus auxiliares. Conosco estiveram Rosângela Sá e Edvaldo Morais. O encontro foi bastante proveitoso e na oportunidade nos foram apresentados trabalhos, projetos e ações que envolvem arte e cultura em Ceará-Mirim, já desenvolvidos e em andamento, além de parte da estrutura existente. Um próximo encontro está marcado para segunda-feira dia 22.
PROJETO DE EXPANSÃO CULTURAL
Concluindo nosso projeto de expansão cultural, apresentamos outras ações a serem desenvolvidas:

* Realização de campanhas educativas e culturais com festivais de teatro e cinema;
* Incentivo aos Tributos artísticos; utilização do serviço de Trem.
* Ações culturais para a terceira idade;
* Encaminhamento à Câmara de Vereadores de Projeto para criação do Conselho Municipal de Cultura;
* Formatar políticas de gestão para projetos a serem encaminhados à PETROBRAS, Ministério da Cultura, Fundação Jose Augusto, dentre outras;
* Resgatar a Escolinha de Artes, promovendo cursos de artes plásticas, cênicas, música, fotografia e outros;
* Resgatar os antigos carnavais de rua;
* Revitalizar a “QUINTA ESPECIAL”, no Mercado Central, com participação mais intensiva de atrações culturais e artistas locais.
Nossa meta é estabelecer um cronograma para cada ação, elegendo prioridades que atendam aos anseios da população e que num prazo de 90 dias estejam em execução.
Veja mais nas postagens dos dias 13 e 14 de dezembro.
* * *
MENSAGENS
10
A artesã Josefa de Fátima está de parabéns pelo seu trabalho e sua força de vontade de mostrar sempre o nome de sua cidade. Parabéns. João.
11
Waldeck, você está começando o seu trabalho muito bem ,desde o primeiro encontro até agora, espero que você possa mudar a história da arte de Ceará-Mirim....um abraço. Liana Patricia

18 de dez de 2008

TALENTOS DA TERRA (IV)
Josefa de Fátima

Josefa de Fátima Pompeu de Paulo. Artesã cearamirinense que desenvolve seu talento na fabricação de bonecas e pintura em tecido. Seus trabalhos encantam pela beleza e qualidade. Seus produtos são conhecidos nacionalmente com inserção no mercado europeu. Portugal é um dos países importadores.
Começou aos 15 anos. Atualmente está com 52. Participou de várias feiras de artesanato, levando sempre a terra dos verdes canaviais ao patamar das cidades que possuem grandes artesãos. É residente em Ceará-Mirim à Rua Candeal da Silva, 301 – Conjunto Luiz Lopes Varela. Seu telefone de contato é: (0xx84) 9991-3405 . A seguir, pequena mostra do seu trabalho.





ELEITOS EM 2008
SÃO DIPLOMADOS

Em solenidade presidida pelo Juiz Eleitoral da 6a. Zona, Dr. José Dantas de Lira, foram diplomados nesta quarta-feira, no Clube UNISESP, os prefeitos e vereadores eleitos dia 05/10 em Ceará-Mirim, Maxaranguape, Rio do Fogo, Extremoz e Pureza. No final aconteceu apresentação do Grupo Musical SAL DA TERRA de Ceará-Mirim. A seguir, registros fotográficos do acontecimento.




17 de dez de 2008

MENSAGENS
06
Caro Waldeck, As primeiras linhas começo parabenizando a sua iniciativa magnífica de um blog como este. Nas noites de frio aqui neste fim de mundo o qual adoro, passo meu tempo de blog em blog, vou em todos os blog da cidade em busca de todos os tipos de noticias de todos os seguimentos da cultura até a politica da nossa cidade.O seu blog despertou-me uma certa vontade de enviar um e-mail primeiro porque tem um conteúdo maravilhoso o qual fala de minhas raízes ou melhor terra de pessoas que gosto... Termino essas pequenas linhas te desejando tudo de bom um natal fantástico para você e sua família, onde tenho um carinho muito grande por sua adorável esposa Regina, pessoa maravilhosa a qual me dava muita atenção quando passava pelo seu salão, e também as meninas que devem estar belíssimas... Enfim, meus cumprimentos a toda família e um ano novo de realizações para todos de sua casa. AUGUSTO CESAR DE MOURA LOPES (Chanto) MILÃO/ITÁLIA

07
Parabéns amigo pelo blog. É um a contar as coisas de nossa Ceará Mirim, e agora em especial a cultura.Um abraço. Lúcio Som
08
Parabéns pela iniciativa Waldeck. Desejo-lhe sucesso. Abraço. Evandro Henrique
09
Quero parabenizar a Waldeck pela escolha do seu nome para a Secretaria de Cultura. Que o seu trabalho faça justiça aos Artistas do Ceará-Mirim. Gostaria de pedir ao Secretário que lute para que seja construído um Teatro no Ceará-Mirim. Afinal o Teatro e seus artistas, merecem ter a sua casa. Que Deus abençoe o novo Prefeito e seus respectivos secretários. Um grande abraço de, Jadson Queiros - Teatrológo.
Nosso agradecimento a todos pelo apoio.
TALENTO MUSICAL
DO VALE VERDE

Durante este mês de Dezembro o Grupo MUSICANTO, formado pelos cearamirinenses Joãozinho e Allan, em temporada na praça de alimentação do NORTE-SHOPPING / Natal. Votos de muito sucesso.
Musicanto no Norte Shopping

Joãozinho, Waldeck e Allan

16 de dez de 2008

MENSAGENS
04
Primeiramente parabéns ao novo Secretário da Cultura da nossa cidade. Que Deus o ilumine nas decisões a serem tomadas e que sejam as melhores para nossa cidade. Que com certeza serão.Luciene
05
Obrigado por divulgar o lançamento de meu livro e parabéns pela iniciativa de colocar as futuras ações culturais de nossa província.Gibson Machado

15 de dez de 2008

Finalmente CEARÁ-MIRIM estará legitimamente
representada na FEIRA INTERNACIONAL
DE ARTESANATO - FIART.
Em Natal/RN de 23/01 a 1º/02/2009

Aguardem, matéria especial com nossos
artesãos que estarão na FIART.
MENSAGENS

01
Parabenizo ao meu amigo de longas datas, Waldeck Araújo de Moura, pelo grande desafio que irá enfrentar, que é o de levar a Cultura e a Arte de Ceará Mirim além fronteiras. Que você amigo Waldeck, tire do papel, das gavetas, enfim, de onde estiverem, todos os projetos que elevem o nome de todos nossos artistas, que até então vivem no ostracismo por falta de sensibilidade do poder público. Um cordial abraço e Boa Sorte. João André.
02
Quero parabenizar o Waldeck Moura pela indicação. A Fundação Nilo Pereira está em boas mãos. Claro, os desafios são muitos, mas você com alma de “maluco beleza”, alcunha que todo artista, por ousar um pouquinho mais que os outros, já recebe logo cedo, irá tocá-los em frente e com certeza atingirá os objetivos propostos. Fiquei feliz, eu e minha família, porque lhe conheço de longas datas e sei dos processos pelos quais passamos até atingirmos a seriedade e serenidade na vida. Fomos jovens um dia, hoje somos maduros. Não adquirimos ainda o dom de transformar água em vinho, mas como o Divino Mestre (e por que não?!), podemos saborear esse precioso líquido em comemoração a esse momento tão importante para todos nós. E é o que vou fazer agora: Tim Tim! Eliel Silva
03
Parabens Waldeck... Uma boa indicação para quem quer realmente fazer a cultura da cidade crescer. Estamos confiantes num "reinício" do movimento cultural em Ceará-Mirim - definhado à 15 anos por uma política atrofiada - e junto com você temos a certeza que "não roeremos mais o osso" como disseram... temos varios anos para frente, basta um pouco de força que o engenho começará a produzir sua arte sustentável e logo, logo sairemos dessa chuva de pó da exclusão. Carlos Eduardo Araujo
Agradecemos o apoio e contamos com todos vocês para enfrentarmos os desafios. Waldeck.
Dando continuidade a divulgação de ações programadas para nossa gestão a frente da FUNDAÇÃO NILO PEREIRA, informamos mais alguns ítens:

* Montar o projeto ADOTE SUA HISTÓRIA, onde empresários poderão adquirir uma cota para preservar o bem público através da Lei Câmara Cascudo;

* Criar um espaço na Feira Livre para exposição da cultura local, desde comidas típicas até artesãos de couros, barro, junco, dentre outros;

* Inventariar o crescimento geográfico e cultural Ceará-Mirim;

* Criar um calendário de eventos;

* Criar um calendário cultural agregado;

* Enviar para Câmara Municipal Projetos de Lei que ampare e crie o Fundo Municipal da Cultura para efetivação no orçamento de 2010;

* Realizar estudos para utilização constante de prédios ociosos como a Estação das Artes e o Centro de Informação ao Turista (entrada da cidade);

Tem mais. Aguardem a próxima postagem. (Waldeck Moura)
JÁ À VENDA:


INFORMAÇÕES COM O AUTOR:
ou pelos fones: 9104-9145 ou 3272-3688.
TALENTOS DA TERRA (III)
Santana


ANTÔNIO SANTANA DE LIMA


Conhecido como SANTANA. Nasceu em Pedro Velho(CE) no ano de 1964 e veio ainda bebê para Ceará-Mirim. Começou a cortar pedaços de pau aos 13 anos, por mera curiosidade de criança.
“Eu passava lá no centro de Natal e ficava olhando umas talhas de madeira, me interessando. Eu gosto muito de ferramentas. Um dia, cheguei em casa, peguei uns pedaços de ferro e fui no esmeril. Fiz meu primeiro formão. Até hoje faço minhas ferramentas. Mesmo trabalhando fora, nas horas de folga eu fazia peças de madeira, porque bom é a gente fazer o que gosta e é isso o que eu gosto de fazer. Faço minha Santa Ceia Nordestina, Iemanjá, tipos aqui da terra e até o chamado estilo erótico eu faço.”
A madeira só podia ser a umburana, que vem de João Câmara/RN.
“É uma madeira boa de trabalhar. As miniaturas, fico quase oito dias trabalhando, só com o miolo da umburana. Gosto muito dessas peças pequenas, mas dão muito mais trabalho.”
CONTATOS - FONES: (OXX84)- 9968.7152 - 9138.2971

A seguir, trabalhos de SANTANA:

São Francisco e o crucificado

Iemanjá

Santa ceia nordestina

13 de dez de 2008

Recebi do prefeito eleito Antônio Marcos de Abreu Peixoto, a incumbência de, a partir de janeiro/2009, assumir o comando da FUNDAÇÃO NILO PEREIRA, que engloba a arte e cultura de Ceará-Mirim. Este cargo muito me honra e enaltece como cidadão e artista plástico que sou. Teremos muitos desafios e batalhas a enfrentar, mas em todas as vertentes da arte tentarei resgatar nossa auto-estima.
Agradeço, junto com minha família, a confiança em mim depositada. Não o decepcionarei. Vamos trabalhar!
Obrigado e que Deus nos ilumine sempre.

Waldeck Araújo de Moura
* * *
“Penso para Ceará-Mirim não é o registro, mas a tentativa de elucidação das origens”.
Luiz da Câmara Cascudo.

* * *
MEU PROJETO DE EXPANSÃO CULTURAL PARA CEARÁ-MIRIM:

O projeto que elaboramos tem por intenção transformar as idéias da cultura em ações auto-sustentáveis que, por planejamento, devam ser executadas não pontualmente, mas de forma sistemática e permanente. Ele está voltado para criar metas e ações que deverão ser atingidas administrativamente.

A seguir algumas ações constantes em nosso projeto:

* Criar a Conferência Municipal de Cultura de Ceará-mirim;
* Elaborar um Inventário de todos os setores artísticos e culturais do município;
* Organizar uma ação comunitária para geração de renda;
* Formatar bibliotecas móveis com artes cênicas para os distritos;
* Criar o Circuito Cultural com vendedores ambulantes, guias e artistas da terra em períodos organizados e pré-estabelecidos;
* Melhorar a presença mórbida dos monumentos históricos;
* Resgatar a auto-estima da população através de projetos culturais locais que nascem da periferia para o centro;
* Montar um Circo ou Trailler para as ações culturais;
* Chegar a cada escola municipal com o projeto Cultura para Todos, incluindo Teatro de Fantoches ou Mamulengos, explorando a capacidade criativa;
* Destinar uma agenda de resgate para os museus - parceria pública-privada - com intercâmbio financeiro de doação através das contas de água ou luz.

Na próxima postagem publicaremos outras ações programadas.

* * *

DICAS:
I FESTIVAL LUMIARTE
Neste sábado 17h00 – no Colégio de Santa Águeda.
Arte, Dança, Teatro e Música.
Artistas da terra.
Ingresso a preço popular.
***
PARA ENVIAR COMENTÁRIOS
Se você não for cadastrado no Blogspot, quando clicar em "comentários" e surgir a caixa de diálogo, selecione "anônimo", digite sua mensagem, coloque seu nome, e-mail e pode enviar.
BLOGS DE CEARÁ-MIRIM
Caro web-leitor: a partir desta data disponibilizamos ao lado links dos blogs e sites produzidos em Ceará-Mirim. Se por ventura faltar algum, solicitamos enviar os dados para nosso e-mail: waldeckarts1@yahoo.com.br que registraremos de imediato.
Waldeck Moura.
LANÇAMENTO
Dia 29 de novembro próximo passado, no Restaurante Sabor do Vale, em Ceará-Mirim, a escritora Vera Lúcia Barreto fez lançamento do seu novo livro: “ Meio Ambiente é Vida”. Paralelamente, o artista plástico Walther Luz expôs algumas de suas obras. Vários artistas e convidados prestigiaram o evento. O Blog Grande Ceará-Mirim marcou presença e trás alguns registros fotográficos de mais este momento de arte e cultura na terra dos verdes canaviais.
Capa do Livro


Vera Lúcia Barreto

Com Carlos Antunes (Mestre de Cerimônia)

Vera com os amigos, artistas da cidade.
TALENTOS DA TERRA (II)
Walther Luz
José Walter Bandeira da Luz. 46 anos. Tem um estilo de pintura bastante variado: floral, paisagens, mandalas, figurativo, natureza morta e abstrato. Já produziu cerca de 300 obras. Realizou 18 exposições, sendo 08 individuais e 10 coletivas. Em 2007 foi selecionado para o V Salão de Artes durante a Semana da Marinha em Natal. No mesmo ano participou em Mossoró da Semana do Livro, onde ministrou aulas para 50 alunos carentes das Escolas Públicas daquela cidade. Ministra aulas particulares de pintura em tela. Seu contato: Rua Dr. Rodolfo Garcia, 968 - Centro - Ceará-Mirim/RN. Fones: 0xx84 3274-4676 e 9176-9536.





8 de dez de 2008

TALENTOS DA TERRA - (I)

Edivaldo Cruz Santiago

Filho mais velho de Etewaldo Cruz Santiago, Edivaldo Cruz Santiago sempre trabalhou ao lado do pai, ajudando na sua lide com o barro. Nascido em 1968, ele conta que aprendeu o que sabe com o velho.
“A minha vida foi engraçada. Eu fui servir o Exército e lá eles viram que eu sabia esculpir o barro. Então os oficiais começaram a pedir para eu fazer soldados, marinheiros, emblemas e tudo mais. Eu fui fazendo. Também fazia algumas imagens, mas as figuras militares acabaram sendo o meu forte e o meu ganha-pão. Eu gosto de fazer tudo bem detalhado, bem trabalhado. Acho que, com o tempo, o escultor vai descobrindo coisas e ficando mais sabido, com mais conhecimento.”
As peças em tamanho natural de Edivaldo podem ser vistas nos jardins de vários quartéis e bases aéreas.
“ No quartel onde servi até me deram uma dispensa para eu poder ir para casa e fazer a peça que eles queriam.”


Santos Dumont (Barro platinado - 15 cm)





Soldado (Barro cru - 25 cm)
* * *

COMUNICADO:
Caso o web-leitor não consiga enviar comentário no espaço do rodapé, em virtude de restrição no servidor blogspot, poderá enviar mensagem para nosso e-mail waldeckarts1@yahoo.com.br
Grato pela atenção.
RECORDANDO ILHA BELA
ILHA BELA - Desenho de Francisco Trajano (Ceará-Mirim)

Por ocasião do VI ENCONTRO DOS EX-MORADORES E AMIGOS DA ANTIGA USINA ILHA BELA, realizado último domingo (07/12) no Clube UNISESP em Ceará-Mirim, mais um talento da terra foi revelado. A senhora Ana Maria Costa dos Santos escreveu e recitou em versos: “LAMENTO”. O poema retrata de forma real e emocionante a extinta comunidade de Ilha Bela. A seguir, transcrevemos na íntegra.



LAMENTO
Chamo-me ILHA BELA
Mas hoje choro a solidão
Pois não sei qual foi o rumo
De minha população

Eu fui um coração de mãe
Onde sempre coube mais um
Acolhi tantos filhos
E não vejo mais nenhum

Onde estão tantas crianças
Que em meu pátio corriam?
Será que são felizes
Como foram aqui um dia?

Sinto saudade dos homens
Que em mim já trabalharam
Quais deles estão com o Pai?
Quais deles se aposentaram?

Procuro as professoras
Que em minha escola trabalharam
E com muita dedicação
Os meus filhos educaram

Todas as minhas casinhas
Demoliram sem piedade
E dos que nela moravam
Só me resta a saudade

O meu clube cultural
Até esse foi ao chão
Foi triste o meu fim
Que homens sem coração!

Meu campo de futebol
Onde vocês jogavam bola
Transformou-se em matagal
Só lembrança resta agora

Minha linda capelinha
Essa também não vejo mais
Pois lá só resta o cantar
Dos inocentes pardais

O meu verde natural
De tão triste escureceu
A fauna que aqui vivia
Também desapareceu

Meus rios estão secando
Minhas águas escuras estão
Os peixes se escondendo
Temendo a poluição

Anoitece e amanhece
Tudo aqui é solidão
Somente a coruja voa
No meio da escuridão

Apenas os pássaros cantam
Tentando me consolar
Uns cantam de verdade
Outros pra não chorar

Quando chega o inverno
Meu verde tenta surgir
Mais logo desaparece
Por não ter ninguém aqui

A minha natureza chora
Pois sofre igual a mim
E você chorará também
Se um dia voltar aqui

Por muitos e muitos anos
Muitas famílias abriguei
E em tristes ruínas
Foi em que me transformei

Se um dia voltares aqui
Diga a quem lhe perguntar
Que minhas ruínas choram
E que venha me visitar

Não falem no meu nome
Com revolta e nem rancor
Pois aqui todos viveram
Com abrigo, paz e amor

Choram os pássaros e a natureza
Em uma tristeza total
Pois não recebo visita
Nem no dia do natal.

ANA MARIA COSTA DOS SANTOS
Ex-moradora de ILHA BELA
Atualmente reside em Ceará-Mirim.
Em virtude de problema na câmera digital a foto da autora não foi revelada. Em breve publicaremos outros trabalhos seus e com sua foto.

x x x

DICA:

A dupla Joãozinho e Allan (MUSICANTO) animará a festa de confraternização dos alunos e ex-alunos do COLÉGIO DE SANTA ÁGUEDA (Ceará-Mirim).

DATA: 27/12 as 21h00

Local: Pátio do Colégio

Informações: FONE 9918.0042


1 de dez de 2008

PIZZA COM ARTE
A noite do último sábado na Pizzaria A FORNALHA foi diferente. Múcio Vicente e sua Companhia Louc´arte de Teatro apresentaram a peça “CASA DOS VAMPIROS. O projeto PIZZA COM ARTE foi sucesso. Um ótimo público prestigiou e se divertiu. De parabéns a empresária Luciádria Oliveira que acatou nossa sugestão de apoiar este grupo que sente dificuldade em encontrar espaço para mostrar uma autêntica arte produzida em Ceará-Mirim.
Atores em cena na "FORNALHA"



Waldeck e Luciádria apoiando o projeto.


Múcio Vicente, autor e diretor da "CASA DOS VAMPIROS"

Um ótimo público prestigiou e se divertiu.

PRA COMEÇO DE CONVERSA
Sejam muito bem vindos a este novo espaço virtual, cujo objetivo está exposto ao lado. Ainda no mês passado, por sugestão do prefeito eleito de Ceará-Mirim, Antônio Marcos de Abreu Peixoto, enviamos convite por escrito e conseguimos reunir em nossa residência vários artistas da terra nos diversos segmentos: músicos, atores, escultores, artesãos, pintores, escritores, artistas plásticos, os que militam com trabalhos manuais, enfim, um verdadeiro potencial da classe artística do Vale verde. A priori explicamos que o objetivo deste primeiro encontro com a presença do prefeito eleito Dr. Peixoto e seu vice Luiz Antônio, seria para que os presentes colocassem em comum idéias e sugestões no sentido de que a arte e cultura cearamirinenses pudesse tomar novo rumo a partir do próximo mês de janeiro.
Alguns se manifestaram partilhando idéias, projetos, críticas e opiniões. Dr. Peixoto e Luiz ouviram atentamente a todos e em seguida usaram a palavra externando seus pensamentos. Explicitaram que há um grande potencial artístico a ser trabalhado, frisando, porém, que não se pode pensar de forma individual. Deixaram claro que a Prefeitura de Ceará-Mirim tentará, junto à iniciativa privada e com a união dos artistas, desenvolver parcerias visando elaborar e por em prática consistentes projetos, já que existe a Lei de incentivo à cultura, citando o exemplo de Mossoró que a utiliza, contemplando a produção de arte em grande escala com potenciais atrações para visitantes, turistas e a própria cidade. Em síntese, gerando emprego e renda através da diversidade cultural, beneficiando toda comunidade.
Nos dias que se seguiram a este encontro, comentários ouvidos de pessoas que nem sequer estavam presentes já distorciam a realidade dos fatos. Isso não preocupa nem interfere o propósito do bem comum para os que trabalham em prol da arte e cultura no Vale verde.
A seguir, algumas fotos do proveitoso momento onde se tornou conhecida a realidade da atual situação dos artistas da terra.

Waldeck Moura



* * *
DICAS DA SEMANA:

LANÇAMENTO:
Ceará-Mirim – Memória Iconográfica.
Livro de GIBSON MACHADO com grande acervo fotográfico enfocando o Vale verde de um passado distante. Data: 06/12 as 20h00 (sábado) - Local: Barraca/Festa da Padroeira.

ENCONTRO DOS AMIGOS DA ANTIGA ILHA BELA
A 6ª. edição do encontro com antigos moradores e amigos da antiga e extinta Usina Ilha Bela acontecerá neste domingo 07/12 a partir das 11h00 da manhã no CLUBE UNISESP de Ceará-Mirim. Saiba os detalhes com os organizadores através do fone: 8819.1969.

DIVULGUE SEU EVENTO
Basta enviar mensagem para nosso e-mail:
waldeckartes1@yahoo.com.br