ABERTAS INSCRIÇÕES PARA 2a. OFICINA DE TEATRO - INFORMAÇÕES: 3274.2197 - FUNDAÇÃO NILO PEREIRA

Coral cantos do vale

Coral cantos do vale
Coral canto do vale tem como regente Kleber Praxedes

Estação da cultura

Estação  da cultura
Visitem

18 de dez de 2009

FESTA DA PADROEIRA EM CEARÁ-MIRIM

TRADIÇÃO E BONS COSTUMES NÃO DESAPARECEM JAMAIS
Quem participou ativamente da festa de Nossa Senhora da Conceição, encerrada no último dia 8 de dezembro, pôde observar as velhas tradições que não morrem.
Uma delas, é o passeio das pessoas em volta da praça.
Durante as 11 noites da Festa da Padroeira, a praça Barão de Ceará-Mirim voltou a viver momentos memoráveis das antigas festas da Virgem da Conceição.
Enquanto jovens, adultos e crianças passeavam no entorno da praça, famílias e a população em geral lotavam barracas, bares ou botequins para acompanhar os shows das bandas e apresentações culturais que animaram e abrilhantaram a festa da padroeira de Ceará-Mirim neste ano de 2009, com apoio total da Prefeitura Municipal através da Secretaria da Juventude,Esporte, Cultura e Lazer e Fundação Nilo Pereira.
A participação popular foi a maior dos últimos tempos. Cerca de dez mil pessoas por noite marcaram presença, dentre elas, cearamirinenses ausentes que aproveitam os festejos para rever familiares. Foi constatado ainda o aumento de visitantes e turistas procedentes de várias regiões.
Com muita fé, esperança e religiosidade, marcas que simbolizam o amor dos fiéis pela padroeira de Ceará-Mirim, espera-se que cresça ainda mais essa devoção a cada ano.
A SEGUIR, FLASHES FOTOGRÁFICOS DA GRANDE FESTA.




Fotos: ELIAS FOTOGRAFIAS

26 de nov de 2009

NILO PEREIRA HOMENAGEADO
NA ACADEMIA NORTE-RIOGRANDENSE
DE LETRAS
Em sessão solene realizada na última terça-feira (24/11) a Academia Norte-rio-grandense de letras homenageou o escritor e jornalista cearamirinense Nilo Pereira, que chegou a ocupar em, vida, sua cadeira nº 19, cujo patrono é Ferreira Itajubá. Várias autoridades e convidados marcaram presença. O presidente da Academia Dr. Diógenes da Cunha Lima abriu a sessão e convocou o Dr. Murilo Melo Filho, substituto de Nilo Pereira na cadeira 19, que fez um excelente discurso. Pela família de Nilo discursou a escritora Lúcia Helena Pereira e representando o prefeito de Ceará-Mirim, Antônio Peixoto, fez uso da palavra o Secretário Municipal de Articulação Política Edmilson Rodrigues. De Ceará-Mirim também estiveram presentes Waldeck Araújo de Moura e Edvaldo Morais, pela Fundação Nilo Pereira e a mestranda Helicarla Morais que desenvolve trabalho sobre o livro Imagens do Ceará-Mirim, de Nilo Pereira. Ainda na ocasião foi lançado o CD “O velho solar de Nilo Pereira”, uma suíte musical de Oriano de Almeida baseada em poema de Diógenes da Cunha Lima. A solenidade foi abrilhantada por uma orquestra de cordas e metais a convite da Academia.





V I S I T A

O Centro Administrativo da Prefeitura de Ceará-Mirim recebeu a visita, durante toda a última terça-feira, da imagem de Nossa Senhora da Conceição que peregrina nas repartições públicas neste período que antecede a festa da padroeira.

R E G I S T R O
O blog Grande Ceará-Mirim parabeniza o Capitão PM Fernandes pelo ótimo desempenho a frente da corporação militar no Vale verde. Atuante e comunicativo, vem conquistando a cada dia a confiança dos cearamirinenses. Ao mesmo tempo agradecemos ao Capitão pela leitura deste espaço virtual.

21 de nov de 2009

ARTE E CULTURA POPULAR
NA FESTA DA PADROEIRA
DE CEARÁ-MIRIM
Além das muitas atrações, como grupos folclóricos, cordelistas, artesãos, grupos de danças, dentre outras, estará instalada no Largo São Vicente uma das grandes manifestações culturais de nossa região: a “Budega Velha”. Trata-se de estabelecimento que resgata tradições e raízes da nossa gente. Na Budega, comandada por Rossini Cruz, se apresentam poetas, cordelistas, cantadores de viola, sanfoneiros, aboiadores e congêneres. Visita obrigatória para quem aprecia a cultura popular.
Rossini Cruz e sua "Budega Velha"
ARTISTAS DE CEARÁ-MIRIM TEM VEZ
NA FESTA DA PADROEIRA
Didé Rodrigues
Artistas da terra tem espaço garantido na Festa da Padroeira. Confira as atrações (em ordem alfabética): Altas Horas, Anairam Brasil Musical, Banda Paragandam, Banda Pro-Rard, Banda Kairus, Clinica Geral, Detona, Didé Rodrigues, Expressão Musical, Fibras do Forró, Fino Trato, Flavinha Show, Forró Bakanas, Gostosões do Forró, Jofran, Kimuvuca, Os Cearenses do Forró, Rela Nela, Tita dos Canaviais ,TriboGueto e Xaveco de Menina
JOFRAN, artista da terra

Confira outras atrações:
Banda Grafith
Banda Mix
Beijo Molhado
Capim Cubano
Calcinha de Menina
Decote de Menina
Expressão do Forró
Felipe Guerra
Ferro na Boneca
Forró de Luxo
Forró na Tora
Geraldinho Lins
Pimenta N'ativa
Saia Rodada
Sirano & Sirino
Ternura de Menina
Tota Silva

17 de nov de 2009

TALENTOS DA TERRA
MURILO CÉSAR
Murilo César de Medeiros Ribeiro, filho do comerciante Fernando César Moreira Ribeiro e da Assistente Social Sílvia Letícia Alves de Medeiros Ribeiro. Nasceu aos 13 de abril de 1995.
Murilo cresceu sob a orientação atenta dos familiares, estudando em instituições renomadas na cidade como: Centro Educacional O Bem-me-quer, SECAT e Colégio de Santa Águeda.
Aos nove anos começou a jogar basquete, nas quadras esportivas públicas, incentivado por atletas de Ceará-Mirim e, desde então, vem assumindo o esporte como uma oportunidade de realização pessoal e profissional.

No mesmo período começou a estudar no Colégio Salesiano em Natal, passando a integrar a escolinha de basquete com ensinamentos do professor Sidney, logo tornando-se ala armador da equipe, sob orientação inicial do professor Renier e depois pelo professor e técnico Jean Pierre. Pela equipe conquistou diversos títulos de 2007 até o corrente ano. Murilo já foi escolhido o Atleta Destaque do Salesiano e recebeu o título de melhor jogador amador do Estado do RN.
Murilo com o técnico Jean Pierre
Dentre suas características, como excelente atleta, Murilo é um ala armador que se destaca pelo ritmo das jogadas, arremessos certeiros, boas infiltrações, atuando junto com o time de maneira inspirada e com eficiência ofensiva e defensiva, capacidade de decisão, organização das jogadas e dribles, o que chamou a atenção do COB – Comitê Olímpico Brasileiro. Murilo foi destaque nas Olimpíadas Escolares Brasileiras, ano passado, com grande desenvoltura, alcançou impressionantes números, atingindo uma média de 22 pontos por partida.
Uma curiosidade: o número de sua camisa é 23, dígitos imortalizados pelo astro do basquete americano Michael Jordan.
As conquistas de Murilo não se resumem as quadras. Cursando o último ano do Ensino Fundamental no Salesiano em Natal, ele tem mantido satisfatoriamente seu desempenho acadêmico, revelando que o esporte e a educação podem e devem caminhar juntos. Aliado a isso, reconhece as barreiras que impedem o acesso democrático ao esporte e lazer e tem como meta contribuir para a inclusão, tornando-se um dos voluntários da APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, quando tentará aproximar o basquete da realidade dos portadores de deficiência. Este ano Murilo foi convidado pelo Sport Club do Recife (PE) e participou do 13º Encontro Sul Americano de Basquete no Rio Grande do Sul; Copa Minas (MG) e foi campeão da Copa SESC (AL), sendo eleito o melhor jogador desta competição.
Atualmente com 14 anos de idade, Murilo vem se preparando para o futuro, diante da expectativa de ser contratado pelos clubes de basquete nacionais que o conduzam a oportunidade de chegar a Seleção Brasileira e poder jogar nas Olimpíadas Rio 2016.
Murilo agradece primeiramente a Deus por tudo que tem vivenciado no esporte; a seus pais Fernando e Sílvia, incansáveis apoiadores e torcedores; ao técnico Jean Pierre; ao Colégio Salesiano São José (Natal), amigos e familiares, além do prefeito de Ceará-Mirim Antônio Marcos de Abreu Peixoto, outro grande incentivador de sua carreira. Destaque especial para sua mãe Silvia Letícia, incentivadora em todos os momentos, inclusive nas quadras, onde estampa na camisa a frase que sintetiza o sentimento de muitos: “Sou mãe do 23 com muito orgulho”.

11 de nov de 2009

A VOLTA DA
BANDA DE MÚSICA

A Banda de Música Tenente Djalma Ribeiro volta à ativa. Na manhã desta quarta-feira, dia 11, em reunião com os Secretários Luiz de Oliveira Fernandes, Rozângela Sá e o Diretor da Fundação Nilo Pereira, Waldeck Araújo, o Maestro Davi apresentou os músicos para serem contratados, que junto aos efetivos, irão compor a nova formação.
A festa da padroeira, que se aproxima, será abrilhantada com a presença da nossa banda de música, que havia sido desativada em outubro do ano passado e volta a funcionar, graças aos esforços do prefeito Antônio Marcos de Abreu Peixoto, Secretaria da Juventude Esporte, Cultura e Lazer e Fundação Nilo Pereira
Criada em 1938, a Banda de Música Tenente Djalma Ribeiro é uma das mais antigas do Rio Grande do Norte. Constitui-se num dos maiores patrimônios culturais do município de Ceará-Mirim. Tendo como regente o Maestro Manoel Davi de Souza, possui um arquivo de músicas em variados estilos e ritmos, atuando em eventos cívicos, religiosos e populares, além de realizar apresentações e retretas também nos distritos e até em outras cidades.

10 de nov de 2009

T U R I S M O

Prefeitura quer criar melhores condições
para roteiro turístico Trilha dos Engenhos

O roteiro turístico Trilha dos Engenhos já é conhecido por um público específico como opção de passeio cultural.

Agora, a Prefeitura de Ceará-Mirim, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, está viabilizando a criação de melhores condições para transformar num dos maiores roteiros turísticos da região, possibilitando a criação de mais atrativos e geração de renda aos moradores das comunidades.

Esse foi o principal objetivo de uma reunião do Prefeito Antônio Peixoto-PR, do secretário de turismo do município, Fernando Lessa e equipe técnica da pasta, com um grupo de proprietários de fazendas, engenhos, atrações turísticas, ocorrida na última sexta-feira 06/11 no gabinete do prefeito.

Participaram da reunião, dona Marta, proprietária do Engenho Carnaubal, Rui Pereira Júnior do Engenho Mucuripe, Sheila Varela da Fazenda Nascença, Franklin Marinho, proprietário do Engenho São Leopoldo, Herbert Dantas do Engenho Verde Nasce, além de outros proprietários, secretários e estudantes universitários.

Várias possibilidades de melhorias para o roteiro Trilha dos Engenhos foram discutidas durante a reunião, como por exemplo, iniciar o roteiro como City Tour, na sede, mostrando os atrativos histórico e cultural, apresentados por um guia, e também a necessidade de se ter um atrativo maior como ponto, para que o turista possa almoçar ou até mesmo tomar café ou lanchar, degustando a nossa gastronomia.

Para tanto, foi discutido ainda, qual a propriedade que estaria apta, qual ou quais os engenhos que teriam condições de abrir para visitação, e também a venda de produtos derivados da cana-de-açúcar, como comercializar e qual o público alvo.

Outro foco da reunião, foi para saber se existe interesse por parte dos proprietários em estruturar suas propriedades para receber turistas, quais seriam essas possibilidades e que tipo de parceria poderia haver entre prefeitura e proprietários.

A idéia da prefeitura é começar a comercializar o roteiro já a partir da próxima alta estação.

Para o proprietário do Engenho Mucuripe, Rui Pereira Júnior, a idéia é louvável e merecedora de sua colaboração. “Esse é um projeto que vem para recuperar aquilo que parece já está morto. Nós vamos ajudar naquilo que a prefeitura está nos propondo”, frisa Rui Pereira.

De acordo com o secretário de turismo do município, Fernando Lessa, duas agência – Costa Atlântica e Glacy Tour - já estão interessadas em divulgar e vender o Roteiro dos Engenhos.
Para ele, isso é muito importante para o desenvolvimento de Ceará-Mirim, pelo fato do município possuir um patrimônio histórico e cultural riquíssimo. “Grande parte da história do Rio Grande do Norte passa por Ceará-Mirim, principalmente a história econômica. Ceará-Mirim foi um dos principais pólos econômicos do século passado, de desenvolvimento da economia do estado. Então, nós temos essa história toda pra contar, pra divulgar, e isso é uma riqueza enorme que temos guardada aqui no município e que precisamos mostrar para o mundo todo”, destaca Fernando Lessa, relatando ainda que é de fundamental, o município de Ceará-Mirim conseguir desenvolver esse projeto do roteiro dos engenhos.

Para o Prefeito Antônio Peixoto-PR, o projeto é muito importante, até porque, segundo ele, é preciso dinamizar o turismo em Ceará-Mirim. “Todos nós que conhecemos, moramos aqui e amamos essa terra, sabemos que Ceará-Mirim tem um potencial turístico e cultural muito grande, que nunca foi dinamizado. E nós queremos dinamizar para trazer o turista e gerar emprego e renda para o nosso município”, esclarece o prefeito Peixoto, classificando a reunião com os proprietários como muito positiva, principalmente porque todos eles, à unanimidade, disseram que querem ser parceiros dentro desse contexto do projeto para a Trilha dos Engenhos.
TRILHA

Encravada na região do Vale do Ceará-Mirim, a Trilha dos Engenhos representa uma das maiores atrações turísticas de toda a região.

Durante todo o seu percurso, vários são os pontos de interesse turístico como: as ruínas dos antigos engenhos, casarões e também o atrativo lugar conhecido como Banho das Escravas, uma beleza natural e exuberante que se espalha por entre a mata virgem do Vale do Ceará-Mirim.

O acesso ao roteiro é feito pela entrada do antigo Engenho Morrinhos. O trajeto é bastante bucólico, marcado por antigos casarões, engenhos e pequenos sítios, etc...

Quase no fim dos percurso, já próximo ao povoado de Santa Tereza, o Banho das Escravas é um atrativo de beleza cênica, pois propicia a observação da beleza natural do local.
Fonte: JORGE MOREIRA

5 de nov de 2009

ARTE E CULTURA DE CEARÁ-MIRIM
PRESENTE NA FEIRA DE NEGÓCIOS
EM JOÃO CÂMARA










18 de out de 2009

SUCESSO TOTAL:
A MAIOR FESTA
PARA CRIANÇAS JÁ REALIZADA
EM CEARÁ-MIRIM
Pela primeira vez, um governo municipal dar demonstrações de que as crianças são prioridade numa gestão.
Além das inúmeras ações realizadas como, criação e ampliação dos Centros de Educação Infantil, o governo Peixoto, está implementando para o ano letivo de 2010, o fardamento escolar e o livro didático infantil para crianças na faixa etária de 4 e 5 anos de idade.
E nesta quinta-feira 15/10, a Prefeitura realizou a maior festa para a criançada jamais vista em Ceará-Mirim. Cerca de mais de 5 mil foram a Praça da Igreja Matriz participar da festa, segundo informou a coordenadoria de lazer da Secretaria Municipal de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer.
As comemorações alusivas ao dia da Criança em Ceará-Mirim estão sendo marcadas por muita alegria e animação. Desde o último dia 9/10, o prefeito Antônio Peixoto, acompanhado de uma equipe está percorrendo todas as escolas de ensino infantil do município, proporcionando à todas as crianças a alegria de receber um presente em homenagem ao seu dia.
Essa foi a primeira festa da criança realizada pelo governo Peixoto, tendo já sido considerada como a maior na história do evento já vista em Ceará-Mirim, para comemorar o dia da criança.
O evento teve início às 15h30 na Praça da Igreja Matriz, onde aconteceu distribuição presentes à todas as crianças que compareceram, lanche, pipocas, algodão doce, parque infantil gratuitamente para toda a criançada, participação de palhaços que fizeram a alegria e animação de cerca das 5 mil crianças presentes.
A festa contou com a presença do prefeito Antônio Peixoto, da primeira dama do município e secretária de Assistência Social Ozeny Fernandes e do deputado estadual Potí Júnior que fez questão de prestigiar a criançada cearamirinense, além de secretários e demais auxiliares de governo.
O evento, foi realizado pela Prefeitura de Ceará-Mirim, através das secretarias de Assistência Social, Juventude, Cultura, Esporte e Lazer, Turismo, Educação, com o apoio das demais secretarias municipais. O evento contou também com a importante colaboração da então Secretária Nacional da Receita Federal, a potiguar Lina Vieira, que quando no exercício da função fez a doação de milhares de presentes, contribuindo dessa forma, para o sucesso da festa infantil.
Essa é a primeira grande festa para as crianças que o governo Peixoto realiza, em praça pública, já no seu primeiro ano de gestão.
Durante o evento, o prefeito fez questão de passear pelo meio das crianças no momento em que elas brincavam gratuitamente no parque de diversões infantis. “Isso é apenas uma demonstração do que vocês merecem. Tudo o que o meu governo puder fazer, vai fazer para melhorar as condições de vida e de ensino das nossas crianças, que são, com certeza, o futuro do nosso município”, disse o prefeito Peixoto ao falar durante a festa para parabenizar todas as crianças de Ceará-Mirim.

Fotos: Divulgação - Fonte: Jorge Moreira

16 de out de 2009

CULTURA
Ceará-Mirim tem
dois Patrimônios Vivos do Estado
Waldeck, Lula, Caboclinhos e Gibson Machado

O reconhecimento foi feito oficialmente, em solenidade realizada último dia 13/10 no Centro de Cultura Chico Daniel da Fundação José Augusto em Natal.
O Município de Ceará-Mirim foi contemplado duplamente, através do Grupo Folclórico Caboclinhos e do Sr. Tião Oleiro Mestre dos Congos de Guerra do distrito de Tabuão, ambos foram inseridos no primeiro elenco formado por dez representantes da cultura popular norte-riograndense.
A Comissão Estadual de Folclore também escolheu para receber o benefício, os mestres Xexéu - Cordelista, Luiz Campos - Poeta, Antônio do Tapará - mamulengueiro e mestre do Boi do Reis (Macaíba), Grigório Santeiro - Escultor, Antônio da Ladeira - Boi do Reis (Santo Antônio), João Viana - mamulengueiro, e os Grupos Chegança de Barra do Cunhaú e Fandangos do município de Canguaretama.
Eles foram agraciados com uma bolsa vitalícia patrocinada pelo Governo do Estado por intermédio da Lei do Patrimônio Vivo, nº 9,032/2007 de autoria do deputado estadual Fernando Mineiro.
O diploma concederá aos contemplados uma bolsa mensal e vitalícia no valor de R$ 1,5 mil (aos grupos) e R$ 750 (aos mestres), além de outros privilégios ligados a projetos culturais.
Na abertura, antes de iniciar a entrega dos certificados dos Registros do Patrimônio Vivo/RN, a Fundação fez a explanação de um documentário que mostra com detalhes cultura potiguar rica na diversidade de talentos.
Segundo o diretor geral da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto foram consideradas como avaliação de escolha a capacidade, a tradição, vivência e situação atual de cada grupo e mestre.
O secretário municipal da Juventude, Esporte, Cultura e Lazer Luiz Oliveira e o presidente da Fundação Nilo Pereira Waldeck Moura acompanharam a solenidade representando o município e falaram da satisfação do prefeito Antônio Peixoto com o reconhecimento da tradição do folclore ceará-mirinense que destaca dois Patrimônios Vivos de grande representatividade para cultura local.
Para o professor e pesquisador Gibson Machado responsável pela inscrição do Sr. Tião e colaborador do processo de inscrição do Grupo Caboclinhos, o benefício significa a afirmação de uma cultura que é referência no estado.
Emocionado o Sr. Sebastião João da Rocha, mais conhecido como Tião Oleiro agradeceu ao autor da lei, por valorizar a tradição da cultura potiguar, e também aos membros integrantes do Grupo Congos de Guerra, liderado por ele desde a morte de seu pai o mestre João José da Rocha ocorrida em 1934.
“Vamos valorizar a cultura do Rio Grande do Norte, não podemos deixá-la morrer, precisamos transferir os nossos conhecimentos para as futuras gerações e este apoio é muito importante” frisou o mestre.
Para Severino Roberto do Grupo Caboclinhos o momento significa o reconhecimento de longos anos de dedicação e amor ao folclore.
“Este é o trabalho de uma família inteira, a começar pela composição do grupo que tem mais de 80 anos de fundação e conseguiu manter as tradições com muita dificuldade, a ajuda do poder público é bem vinda e importante” destacou Severino.
O Grupo Caboclinhos encerrou a solenidade dançando e encantando aos presentes que festejaram o acontecimento que marca um novo momento na cultura do Estado, como forma de incentivo aos artistas do Rio Grande do Norte.
Por: Jhancy Richelm - Fotos: Oldair Vieira

Mestre Tião Oleiro (Congos de Guerra)

Mestre Birico (Cabolinhos)

Caboclinhos (Ceará-Mirim) no Teatro de Cultura Popular


13 de out de 2009

Há muito tempo, em especial nos último oito anos, a cultura em Ceará-Mirim era privilégio da elite, ou seja, para poucas pessoas, já que a desigualdade social aqui é muito grande. A prioridade era Concurso literário, de poesia, orquestra sinfônica, etc; enquanto a cultura popular, para o povão, estava sempre em último plano, esquecida.
Por muito tempo houve esse privilégio à elite e não faz sentido o gestor trabalhar para alguns quando a meta é suprir a todos.
A Estação Cultural, por exemplo, hoje em plena atividade, com realização de eventos para toda a comunidade escolar, religiosa, civil, ongs, etc, anteriormente servia apenas a um seleto grupo.
Pretendo, como gestor da Fundação Nilo Pereira, que agora tem CNPJ, enaltecer a cultura através da literatura de cordel, do teatro popular, exibição de filmes, apresentação de danças folclóricas e outras ações envolvendo artes, em comunidades menos favorecidas.
Ceará-Mirim tem 94 distritos que nunca foram contemplados com projetos culturais. Sua fonte de cultura está relacionada, na maioria das vezes, a assistir DVDs e ouvir CDs piratas de qualidade duvidosa. Pretendo mudar esse quadro.
Nossos projetos e ações futuras:
- Caravana Cultural: Consiste em levar às comunidades periféricas: exibição de cinema em tela gigante; apresentação de espetáculos de teatro, dança, literatura, entre outros.
- Museu de Cultura Popular – A ser instalado provavelmente no Centro de Apoio ao Turista (entrada da cidade), com objetivo de resgatar nossa arte e cultura popular através de peças representativas;
- Beco do Artesão (Projeto já em andamento)- Espaço específico entre os mercados do Café e Frutas e Verduras, oportunizando nossos artesãos a exporem e venderem seus produtos;
- Casa de Cultural Popular – Espaço destinado a realização de cursos e oficinas de Pintura em tela, tecidos, bordados, escultura, desenho, música, canto, etc;
- Revitalizar a Banda de Música Tenente Djalma Ribeiro;
- Realização do AUTO DE NATAL, com tema popular ligado a história do Vale verde.
- Ações culturais e apresentações artísticas na Festa da Padroeira (já este ano com dois palcos, proporcionando opções musicais).
- Quinta Cultural no Mercado Público, dentre outros.
Só acredito em projetos culturais que englobem a maioria da população, de preferência que venham da periferia para o centro.

8 de out de 2009

VOCÊ SABIA?

Desde sua criação em 07 de agosto 1991, pela Lei 1.197, a FUNDAÇÃO NILO PEREIRA não tinha CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), extremamente necessário para o perfeito funcionamento do órgão.

JÁ TEMOS CNPJ

Nossa gestão a frente da FNP enfrentou, durante longo período, todo um trâmite burocrático e finalmente conseguimos a liberação deste importante documento. A Secretaria da Receita Federal emitiu ontem, 07/10/2009, o comprovante definitivo de inscrição que recebeu o nº 11.203.018/0001-07.
A partir de agora, a FUNDAÇÃO NILO PEREIRA poderá participar de Editais para projetos culturais, quer na esfera Estadual ou Federal, proporcionando assim maiores chances na captação de recursos que contribuirão para o engrandecimento de nossa cultura popular.
Waldeck Araújo de Moura

29 de set de 2009

TALENTOS DA TERRA

CECÍLIA JULIANA
Célia Maria Nascimento da Silva, nasceu na Fazenda Divisão (Usina São Francisco – Ceará-Mirim/RN). É filha de Lourival Rodrigues do Nascimento e Maria Francisca da Silva do Nascimento. Atualmente reside com o esposo Francisco Canindé da Silva no Acampamento Santa Cecília, com os filhos Rogaciano, Francisca Maria e Vitória Mariana.
Iniciou seus estudos aos 34 anos, cursando Ensino Fundamental na Escola Municipal Adele de Oliveira, Ensino Fundamental II na Escola Municipal Dr. Júlio Senna, concluindo o Ensino Médio na Escola Estadual Interventor Ubaldo Bezerra de Melo.
Sempre foi voltada para a arte literária. De 2005 a 2008, através d poesia prestou homenagens a pessoas ilustres que ocupavam cargos de grande responsabilidade em nosso país.
Seu primeiro livro, VETERANA SONHADORA foi publicado em 2008. Recentemente lançou SONHOS E RELATOS, onde conta desde sua origem até os dias atuais, sempre afirmando que todos os que lutam com amor vencem.
Assim a escritora, poetisa e também agricultora Célia Maria atua no mundo literário, assumindo seu pseudônimo de Cecília Juliana.



Alguns blogs de Ceará-Mirim noticiaram suposta apresentação da Banda de Música Tenente Djalma Ribeiro em recente Sessão da Câmara Municipal. O Maestro David enviou ao GRANDE CEARÁ-MIRIM a seguinte
NOTA:

Na sessão da Câmara Municipal de Ceará-Mirim, dia 24/09/2009, na verdade o que “apareceu” não foi a velha e charmosa Banda de Música Tenente Djalma Ribeiro, e sim, alguns músicos que foram aprovados no último Concurso Público Municipal, que se juntaram aos demais aprovados em outras categorias, reivindicando a nomeação em suas respectivas funções. Como a ferramenta de trabalho do músico é o instrumento, eles acharam por bem, dele fazer uso.
Com relação ao desaparecimento dos instrumentos, eu não sei de onde nem de quem saiu essa informação descabida e absurda. Não estão perfeitos, mas dá para fazer uso, falta a aquisição de alguns, mesmo assim não impede que a banda funcione. Parte dos instrumentos estão guardados e outra parte continua na responsabilidade de cada músico efetivo da banda, pois eles precisam do instrumento para sua prática. Quero aproveitar a oportunidade para dizer a essas pessoas que espalham pela cidade que a culpa da banda não está funcionando é minha, que fiz minha parte e continuo fazendo: reivindicando.
Com relação a contratos, fui informado que, a situação financeira da Prefeitura no momento não permite realizar e, com menos de quinze músicos efetivos torna-se inviável apresentações.
A reativação da banda não depende de mim, sou apenas o maestro.

Ceará-Mirim, 29 de setembro de 2009
Manoel David de Souza
Maestro
NOTA DO BLOG:
Os instrumentos musicais doados ao Município e não encontrados pela atual Direção da Fundação Nilo Pereira estavam sob responsabilidade da desativada ESCOLA DE MÚSICA MÁRCIA PIRES.

23 de set de 2009

FEIRA LIVRE DE CEARÁ-MIRIM
TEM NOVO ATRATIVO

Desde o último sábado acontece a comercialização de artesanato durante a feira livre de Ceará-Mirim. Através da Fundação Nilo Pereira, um grupo de artesãos está instalado em barracas padronizadas no “Beco do Artesão”. Local está situado entre os mercados do Café e de Frutas e Verduras. O novo espaço será ampliado e em breve teremos uma programação cultural com apresentação de grupos regionais, violeiros, emboladores, etc. A seguir, registros fotográficos das barracas instaladas no local.






LANÇAMENTO
A escritora cearamirinense Célia Maria Nascimento da Silva estará lançando o livro SONHOS E RELATOS nesta quinta-feira dia 24/09 a partir das 16h00 no plenário da Câmara Municipal de Ceará-Mirim.

18 de set de 2009

ATIVADO O TELE-CENTRO DA
BIBLIOTECA MUNICIPAL
DR. JOSÉ PACHECO DANTAS


A Biblioteca Pública Municipal Dr. José Pacheco Dantas, de Ceará-Mirim/RN, ativou o seu Tele-Centro. A partir de agora, além do grande acervo de livros, revistas e outras publicações, o usuário poderá realizar pesquisas e consultas na internet gratuitamente. O Telecentro está instalado em moderna sala climatizada e dispõe de dez computadores. Funciona de 07h30 as 22h00 ininterruptamente.

16 de set de 2009

ENGENHO GUAPORÉ
PEDE SOCORRO
Casa Grande do Engenho Guaporé

A ação do tempo, pela falta de manutenção, e a constante invasão de vândalos ao interior da casa grande do Engenho Guaporé (patrimônio tombado) vem preocupando a atual direção da Fundação Nilo Pereira e Secretaria Municipal de Juventude, Esporte, Cultura e Lazer da Prefeitura de Ceará-Mirim. . A FUNDAÇÃO JOSÉ AUGUSTO, órgão responsável pela Cultura no Estado, se comprometeu através de um Termo de Ajustamento de Conduta, firmado através do Ministério Público, restaurar o prédio, obedecendo prazos legais para licitação, afirmando que no mais tardar neste mês de setembro as obras estariam iniciadas. Até o momento não há providências neste sentido.
Enquanto isso, o local vem sendo alvo de vandalismos, tendo sido destruídas com pedradas todas as vidraças. Portas e janelas arrombadas, tábuas arrancadas; há até indícios de realização no local de rituais da magia negra. A Fundação Nilo Pereira já registrou Boletim de Ocorrência junto a Polícia Militar e tenta implantar medidas de segurança. Espera-se que o acordado no Termo seja colocado em prática o mais breve possível pela Fundação José Augusto, único órgão autorizado a executar serviços para a preservação deste importante patrimônio histórico, onde deverá ser reinstalado o Museu Nilo Pereira.


Vidraças foram destruídas

Janelas arrancadas

Indícios de rituais da magia negra.



Boletim de Ocorrência na DP